Pular para o conteúdo principal

Hora de Ler: Corações Feridos - Louisa Reid



E aí galerinha?! De volta depois de anos longe deste espaço, espero que tenham sentido minha falta #drama.
Drama é na verdade o que resume o livro e a tentativa de escrever um review decente para vocês, farei um esforço, vamos lá.


Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, a primeira perfeita, a segunda com rosto deformado devido a síndrome de Treacher Collins. Elas vivem trancafiadas em casa, numa paróquia escravas de seus pais que não as deixam frequentar a escola, ter amigos ou uma vida normal, comem "o necessário" do tipo comida congelada (que já é uma delicia) muito bem feita e na validade. Roderick, o pai é alienado pastor da principal igreja do bairro e elas são obrigadas a lavar a igreja, trabalhar contra vontade e ainda distribuir sorrisos durante as festividades.

Quando uma delas "apronta" fugindo das regras de São Roderick seja por estar lendo ou mesmo falando com outra pessoa, são espancadas sem direito de chorar nem sequer tomar nada para a dor. Mas as coisas mudam quando Hephz se cansa da "vida" e faz de tudo para pisar numa sala de aula, graças a Sra. Sparks elas finalmente convivem socialmente, conhecem o ambiente escolar, sentem-se gente. Hephz fica muito soltinha nesse novo ambiente, conhece Craig o carinha mais popular e lindo da escola, que fuma maconha falta aulas e ainda assim consegue notas boas (?). Juntos fazem MUITAS coisas, começam a namorar e algo terrível acontece a menina...
Ela morre, mas o motivo e toda a história por trás disso vão ser revelados lá no finalzinho do livro. Por que os pais tratavam tão mal elas? Ainda tem mais segredo do que isso para ser descoberto.
~

De início realmente não sabia o que esperar, pois caso vocês não saibam, li a sinopse na hora de solicitar cerca de 1 mês antes do livro sonhar em ir pras livrarias e não lembrava de NADA, gosto das surpresas. Uma dificuldade que tive foi com o nome de Hephzibah, meu cérebro dava lag toda hora que tentava pronunciar ou sequer ler e adotei o apelido "Hepz" mesmo até o final da leitura.

Umas das partes "lindas" é que Rebecca conversa com Hephz, na verdade com seu espírito. Digamos que me emocionei bastante com isso. O pai é extremamente ignorante a ponto de rasgar os livros que Rebecca trazia escondido da escola, ela por sua vez era submissa DEMAIS a Hephz acobertando tudo que a irmã fazia e apanhando dobrado do ridículo pai.

Não sei o motivo, mas senti uma similaridade com Extraordinário e fiquei em dúvida se poderia classificar a obra como Sick-lit, já que há elementos do gênero presentes. O livro tem uma atmosfera tensa, e piora no final com umas revelações, mas ao mesmo tempo algo prende o leitor, talvez as partes relatadas por Hepz quebram aquele clima e nos levam a um seriado americano no maior estilo besteirol. Simplesmente queria matar o pai delas, já amo fanáticos religiosos (independente da religião) e agora então... marquei várias partes "memoráveis" teria mais se eu tivesse achado meu bloquinho de post-it antes :(

Post-it's Evrwhr!

5 estrelas + FAV! É demais em tudo: chocante, divertido, revelador. Façam o possível para ler.

Corações Feridos por Louisa Reid, é composto por 256 páginas, comercializado pela Editora Novo Conceito e a venda em todo país.

PS: Estou com a leve impressão de que isso tudo que escrevi ficou confuso e repetitivo :(