Pipocando - É o fim!


Filmes sobre o fim do mundo vieram com tudo nos últimos tempos, cada um tentando superar o outro em questão de tecnologia, drama ou humor.
No caso de “É o fim” é o humor que prevalece, o filme todo!
Estreou mês passado, e conta os acontecimentos de 4 amigos em meio ao fim do mundo. O mais legal, acho, é que os atores interpretam eles mesmos! Começa em uma festa na casa do James Franco (Oz Mágico e Poderoso e outros), onde chegam Seth Rogen (O Besouro verde!)  e Jay Baruchel (Aprendiz de feiticeiro, Ela é demais), e encontram na festa: Jonah Hill, Michael Cera (Juno, Scott Pilgrim) cheirando cocaína loucamente e levando tapa na cara da Rihanna por ter tocado na bunda dela!

Aí começa o fim do mundo, com pessoas sendo sugadas por uma luz azul vindo do céu, pessoas morrendo aos montes, inclusive os famosos da festa. Los Angeles pega fogo. Caos. E algo está passeando e comendo as pessoas lá fora. Então ficam com um kit sobrevivência James, Jay, Jonah, Seth, Craig Robinson e Danny McBride, na casa de James. Jay tem a idéia que no fim do mundo os que são bons, corajosos e se sacrificam são sugados ao Paraíso por Deus. Mas em um confinamento e em uma situação crítica de sobrevivência, fica difícil eles manterem a bondade e se amarem tanto. Então os conflitos começam.
Na metade do filme a casa de James é invadida por ninguém menos que...Emma Watson, com um machado pesadão, assassina, sobrevivente, Hermione na veia!
Jonah Hills, que tem sido o bonzinho com todo mundo e paciente, é possuído por um demônio. Demônio que vai crescendo conforme come as pessoas (no fim podemos ver o tamanho dele, e olha... lembra o Godzilla!).

A intenção da resenha é despertar o desejo de vocês pra verem ou não o filme, e discutir nos comentários o que acharam caso já viram. Porque muitos não gostam e spoiller, então eu não contarei o filme todo. Mas já digo, vale a pena ver sim, você fica com um sorriso no rosto o filme inteiro, e muito natural, nada de comédia forçada!
Trailer