Hora de Ler: A Mulher Sem Pecado - Nelson Rodrigues


Faaaala galerinha! De volta, e hoje trago algo um tanto quanto diferente por aqui, primeiro contato com esse tipo de leitura mas tinha que ser com o mestre <3
Então, vocês podem não saber mas A M O Nelson Rodrigues, tenho lido desde 2013 mais ou menos algumas obras dele mas nunca postei nada por motivos de: não sei. Na verdade eu tava esperando por algo que não lembro, fui deixando e como não fiz nada esse ano sai um projeto pra ler as obras dele com mais calma e publicar resenhas; mas vamos ao que interessa.

Nelson Rodrigues, enfrentando dificuldades financeiras, teve a idéia de escrever uma chanchada para ganhar dinheiro. A iniciativa resultou em sua primeira peça, A mulher sem pecado, que não era uma chanchada e tampouco trouxe dinheiro a seu autor. Este texto, escrito em 1941, já trazia os valores dramáticos, temáticos e poéticos que consagrariam o autor como o grande renovador do teatro brasileiro.

A mulher sem pecado narra as aflições de Olegário, homem que sente um ciúme doentio por sua mulher, a jovem e bela Lídia. Ele dá dinheiro extra a seus empregados para que eles investiguem a vida, o passado e todos os passos de sua esposa. Mas os testes de Olegário acabam tendo um efeito contrário.

~

Sensacional. Única palavra que define essa peça/obra/whatever, com um final surpreendente e personagens tão bem construídos digo que valeu muito a pena. Sobre a estrutura eu tive um pouco de dificuldade algumas vezes, parece um roteiro (na verdade é) e como nunca tive contato me perdia de vez em quando porém fui muito bem recompensado com o desfecho disso tudo.

Olegário é obcecado pela esposa, paraplégico e morre de medo de ser corno, coloca várias pessoas para vigiarem Lídia. Insinua muitas coisas absurdas a mulher que você fica com raiva dele e pena dela, suspeita de um mendigo que não tem nada a ver, quer controlar até o modo da esposa respirar... isso dá uma raivaaa! Ele passa na cara a vida passada de Lídia antes de virar sua mulher e faz acusações muito sem sentido, mas essa raiva que sentimos do personagem desde o início faz uma reviravolta no final que você tem vontade de abraçar o cara... Sem falar na revelação que eu fiquei: :OOOOO

5 estrelas seeeem dúvidas! No YouTube tem encenações da peça por grupos teatrais com 1h de duração, ainda não vi mas irei resolver isso daqui a pouco hahah. Super indico por ser uma leitura rápida, tensa e com conteúdo.


A Mulher sem Pecado de Nelson Rodrigues, é composto por 96 páginas, publicado pela Editora Nova Fronteira e á venda em todo país.