Pular para o conteúdo principal

Semana Simon vs. a Agenda Homo Sapiens - DIA 1!!


Olá, leitores do Tedio!! This is Dan, o carinha esquisito que resenha livros estranhos. Bem-vindos a semana Simon vs. a Agenda Homo Sapiens!! Nessa semana postaremos alguns textos falando sobre esse livro fantástico publicado pela Intrínseca aqui no Brasil.
O chefinho Amanto pediu pra eu escolher um dia e acabei escolhendo a segunda feira, justamente pelo "tema" do dia: as conversas entre Simon e sua paixonite, o Blue.

Se vocês ainda não leram o livro, aí vai uma sinopse: o protagonista, Simon, é gay e conversa com um garoto de sua escola via email. Os dois usam identidades secretas para que não saibam quem é quem. Um dia o Simon esquece o email logado em um computador da escola, um colega dele vai usar o PC, vê o email logado, acaba lendo os emails e começa a fazer chantagem com o Simon: se ele não ajudar a ficar com uma amiga do Simon, o tal "amiguinho" vazaria os emails para toda a escola...

~

Como eu disse antes, esse post vai focar em uma das partes mais importantes do livro, que são as conversas entre o Simon e o Blue.

:3
O livro todo tem características ótimas, mas as conversas foram as coisas que mais me chamaram a atenção, justamente porque eu já tive um relacionamento parecido – um ~rolo~ a distância que aconteceu sem querer e que não deu muito certo, mas que eu guardo com muito carinho no coração. Os sentimentos que o Simon teve, as conversas, as piadinhas internas, tudo me relembrou essa época, a nostalgia bateu super forte. Eu adorava quando os emails apareciam, quando eu percebia estava com um sorriso enorme estampado no rosto e relembrando esse relacionamento que tive.

Minhas partes favoritas foram justamente as tais piadinhas internas. No caso de Simon e Blue foi com os Oreos, no meu caso também teve a ver com bolachas (LOL!!!) e otras cositas más. É muito legal quando você vai fazer alguma coisa na vida real e acaba lembrando das referências internas que você cria sem querer com a pessoa, e quando vê fica com aquele sorriso besta no rosto.

Relacionamento virtual é um negócio meio estranho: você nunca se encontrou com a pessoa mas acaba pensando nela o dia todo, carrega ela contigo pra todo o lado. Falar com ela te faz um pouco mais bem, o peito parece se aquecer um pouco... Imagina se a pessoa estiver do teu lado.

O livro é publicado e distribuído pela editora Intrínseca, nos formatos físico e digital (Kindle, Kobo e Lev).