Hora de Ler: O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares - Ranson Riggs


Jacob Portman cresceu ouvindo as histórias fantásticas que o avô, Abe, contava. Na época da Segunda Guerra Mundial, o avô havia morado numa ilha remota, num casarão que funcionava como abrigo para crianças. Lá, Abe convivera com uma menina que levitava, uma garota que produzia fogo com as mãos, um menino invisível... Entretanto, todas essas histórias foram perdendo o encanto à medida que Jacob crescia. Até que, aos dezesseis anos, tudo volta à tona para se provar real.


Abalado com a morte misteriosa do avô, Jacob decide ir à tal ilha para tentar entender as últimas palavras de Abe: "Encontre a ave. Na fenda. Do outro lado do túmulo do velho." Ele encontra o casarão em ruínas, mas, ao passar por um túnel subterrâneo, o menino se vê em outra época, décadas atrás: em 3 setembro de 1940. Nesse lugar protegido no tempo, ele conhece crianças com habilidades peculiares e encontra as respostas para todas as suas perguntas. Mas o fascínio inicial logo se transforma em uma luta para sobreviver e salvar a vida de seus novos amigos.

Viagens no tempo, mulheres que se transformam em aves, crianças com dons inusitados e monstros à espreita. Bem-vindo ao lar da srta. Peregrine para crianças peculiares, um fascinante mundo novo pronto para ser descoberto.

~

Que livro fofo! Já vou adiantando que não era nada do que eu esperava e a surpresa foi muito positiva ❤ As fotos assustam um pouco por serem bizarras mas no contexto da história fazem todo o sentido e você começa a vê-las com outros olhos, personagens que cativam e uma narrativa que apesar de ser direcionada a um público mais jovem é bem peculiar, as vezes até complicadinha por envolver viagens no tempo etc.


Jacob graças a deus não é um protagonista passivo que espera tudo acontecer e fica com cara de tacho, muito pelo contrario! O menino se mete em muitas enrascadas em busca de respostas das pistas que o avô deixou antes de partir mas ninguém acreditava.
Como ele é muito solitário vê o lar das crianças uma potencial moradia e não demora muito a ceder a proposta da Srta. Peregrine.
O clima geral do livro é de amizade, união e aquela coisa do bem contra o mal só que não ficou clichê, parece uma releitura dos anos 80. As vezes eu me perdia em meio a tanta criança e poder esquecendo a peculiaridade da que estava sendo citada no momento, mas isso não muda o rumo de nada pois o foco aqui é outro.

O universo criado por Hanson Riggs mistura o passado com o (futuro) presente, é muito bem construído pois tem suas próprias regras e chega a ser quase utópico. Resumindo: Perfeita a ambientação. Algumas coisas ficam em aberto por se tratar de uma série e as continuações são altamente dependentes umas das outras, a ordem dos tratores altera a obra por aqui sim!


Bem... O filme... Ainda não assisti, mas baseado no trailer já notam-se mudanças. Emma no livro domina o fogo, e Olive (a menininha da capa) o ar, no filme trocaram isso os poderes delas. O vilão Dr. Golam no filme tem outro aspecto além de trocar de sexo (WHAT???) quero conferir mas não estou tão animado assim...


Sem dúvidas 5 estrelas para essa maravilha bem acabada (fisicamente) e pela história deliciosa contada por Ranson Riggs, vou continuar a série e já estou ansioso com o que me aguarda nos próximos volumes!



Um vídeo publicado por Amanto Moura (@humanbraindead) em



PS: Tentei relatar mais a minha experiência com o livro do que sobre a historia em si pois a sinopse já entrega muita coisa e eu evito spoilers ao máximo.