Leitura Digital: A Fantástica Fábrica de Chocolate - Roald Dahl


E aí galerinha?! Voltei depois de um final de semana intenso até demais, com muitas novidades e experiências que não quero nunca mais! HAHAHA Mas vamos ao que interessa não é!?
Antes só gostaria de avisar que a partir de hoje essa "coluna" será mais frequente, pois adquiri um Kobo e ainda estou no momento mil maravilhas, concluindo aos poucos minha reading list infinita de ebooks. Depois faço um post compartilhando minha emoção com vocês.

Mas então, quem nunca assistiu ou "ouviu" falar da Fábrica de Chocolate? Willy Wonka? até em filmes aparecem as barras de chocolate mais famosas e desejadas do mundo inteiro, elas são comercializadas no mundo real porém são tão difíceis de encontrar no Brasil que são quase uma lenda urbana. Digamos que conheci mais a fundo a história de Charlie, Wonka e sua fábrica maravilhosa.


Charlie é um menino pobre, que vive com a família e tem como refeição uma batata cozida no café, e sopa de repolho (rala) no jantar. Mora perto da fábrica de chocolates e apesar disso, NINGUÉM da cidade sabe o que acontece por lá, até que Willy Wonka lança uma promoção: 5 bilhetes dourados espalhados pelo mundo, as crianças que acharem tem o direito de passar um dia inteiro na fábrica, no final ainda ganharão suprimento infinito de chocolate pela vida inteira E de quebra, concorrem a um prêmio final.

Sem dúvidas o livro é melhor que o filme, incontestável essa parte. Há diferenças sutis em relação a adaptação foda de Tim Burton (2005) talvez pela época em que foi escrito, e não existiam computadores domésticos nem video games. O enredo é bem simples, viciante e te prende desde o início, os personagens são bem "geniosos" com uma personalidade bem marcante, fazendo você chegar a ficar irritado com as atitudes (vide Veroca Sal e Miguel Tevel); Wonka é excepcional, altamente sarcástico, engraçado e tudo isso de um jeito bem espontâneo. Mesmo sendo voltado para o público infantil, o livro aborda os diferentes comportamentos (como dito anteriormente) das crianças.


Outra coisa que vale a pena destacar são as musiquinhas, que estão presente no filme só que no livro são bem mais legais, cheias de rimas e satirizando a "vítima" do momento.

Eu já AMAVA a versão de 2005, lembro que ainda existia locadora (o que é isso mesmo?) e no dvd tinham vários extras, dentre eles um joguinho de dança com os oompa-loompas. Assisti umas milhões de vezes e relembrei minha "infância" quando vi novamente o filme essa semana. Não sei nada da versão de 1971, não me chama atenção e prefiro morrer na ignorância. Tim Burton soube bem "traduzir" o que Dahl escreveu, comparando com o livro tá MUITO fiel, até os diálogos são os mesmos sem nem uma vírgula a mais.

Entrou para os meus fav, e apesar de lindo, o livro foi banido nos EUA por conta do racismo (os oompa-loompas são negros). A maioria ds livros infanto-juvenis clássicos foram banidos, interessante.... 5 estrelas e uma visita a fábrica!

Recentemente o antigo Willy Wonka virou mene, se tornando "irônico" e muitos fãs (inclusive eu mesmo só tendo visto o filme) ficaram irritados com essa banalização do personagem. Quem lembra disso invadindo a timeline?


"Legal, interessante. Mas eu quero baixar, como é que fico?" Claro que tem a melhor parte: download free!
Deixo a versão em PDF para facilitar quem quiser ler no pc, tablet etc etc. Se quiserem o EPUB me avisem que posto o link via comentário. Então é isso, espero que tenham curtido e desculpem por ontem não ter postado o Links da Semana, verei como recompensá-los :D