Hora de Ler: O Sr. Pip - Lloyd Jones


História carregada de emoção, onde a imaginação não tem limites durante uma guerra em Papua, Nova Guiné.

Matilda, uma menina negra de 9 anos que não sabe ler nem escrever, numa ilha em plena guerra, e Sr. Watts o único homem branco da ilha se torna professor das crianças da ilha, reativa a escola as escondidas porque se os soldados souberem sangue irá rolar, e durante as aulas "Olho Arregalado" lê um volume de Grandes Esperanças do saudoso Charles Dickens para as crianças.

Elas se identificam muito com os personagens principalmente Matlda que se vê ali como Pip e imagina as aventuras vividas por ele toda noite antes de dormir.
Mas futuramente, a história dessas crianças e seu professor (até então suave e muitas vezes engraçada), sofre uma guinada quando a ilha é invadida pelos militares em busca de rebeldes contrários ao governo central.

É muito forte a presença dos personagens de Grandes Esperanças, quase como ler dois livros(no caso um dentro do outro) de tantas passagens que são lidas durante as aulas para as crianças, isso aguça a curiosidade do leitor para conhecer a obra de Dickens.

Não é tão recomendável para menores  pela atmosfera bem depressiva do livro em algumas partes, e também do contexto histórico, esse é mais um da série "leia com um lenço do lado" porque emociona mesmo, e PRINCIPALMENTE no final, vale muito a pena ser lido e enquadrado depois da leitura de tão lindo que é.

O Sr. Pip de Lloyd Jones, é composto por 272 páginas, distribuído pela Editora Rocco e a venda em todo país.