Hora de Ler: O Maravilhoso Mágico de Oz - L. Frank Baum


Um clássico que encantou gerações, com várias versões cinematográficas e peças teatrais encenadas até hoje!
A primeira impressão que tive antes mesmo de ler foi de encantamento embora "desconhecida" a obra sempre aguçou minha curiosidade, pois nem o famoso filme acho que de 1939 tinha visto até então. Ultimamente tenho dado muita atenção a clássicos da literatura infanto-juvenil, essa vontade de explorar as versões originais começou há um tempo, mas estou de fato começando "agora".

O enredo da história gira em torno de Dorothy, uma menina orfã de 6 anos que mora com os tios Em e Henry no meio do nada Kansas, com uma vidinha monótona e nada divertida para uma criança, além da crise financeira dos tios. A única diversão dela é Totó seu cão de estimação.

Estava tudo muito calmo, até que de repente começa uma tempestade nas redondezas, e um ciclone atinge a casa deles, os habitantes não se machucam mas no fim da turbulência só sobram Dorothy e Totó, mas o pior disso tudo: eles descobrem estar numa terra desconhecida! A casa caiu em cima da Bruxa Malvada do Leste, no "país" dos Munchkins, criaturinhas estranhas e muito amigáveis que começam a idolatrar a menina por ter matado a bruxa que governava a terra deles deliberadamente.

Depois do incidente é que as aventuras começam, daí ela encontra o Espantalho e durante o caminho com o tempo o resto da turma: Homem de Lata e o Leão Covarde. A missão de Dorothy é chegar na terra de OZ e conseguir voltar para o Kansas, pois segundo a lenda, ele pode tudo. O resto da turma acompanha a menina também para pedir coisas que desejam muito ao grande OZ: o Espantalho deseja um cérebro, o Homem de Lata um coração e o Leão Covarde, um pouco de coragem.

Como eu havia dito acima, lançaram um filme em 1939 pela Warner, ainda não assisti mas quem quiser conferir o trailer está aqui:

obs: desculpem não achei o trailer em português, nem legendado do ORIGINAL de 39 :/

No meio da jornada acontecem situações bastante engraçadas, outras nem um pouco, e confesso que há partes de violência mas nada que vá traumatizar uma criança (espero que não). A edição tá maravilhosa, bem feita a capa, dentro o livro é ricamente ilustrado, mas não se tratam de qualquer ilustrações, são simplesmente as originais da primeira edição publicadas na Geo. M Hill Co. uma revista de Chicago feitas pelo ilustrador W.W. Denslow que dão uma cara de especial.

Nem precisa dizer que adorei, é pequeno só que tão bom que você fica sentindo falta, só não achei p final tão surpreendente quanto a obra em si, foi bem previsível mesmo assim não tirou a magia. Ah, outra coisa, só achei estranho que nessa edição não tem nem no início ou fim a biografia do autor que é o padrão da Martin Claret :(

Nota: Fiquei sabendo que o filme inspirou um dos álbuns mais conhecidos e aclamados do rock: Dark Side of Moon da banda Pink Floyd, existe um mistério acerca disso, se foi proposital ou nãio, mas diz a lenda que se você assistir o filme sem áudio e com o disco tocando a sincronia e perfeita!

Ah, antes de tudo, sempre procuro musiquinhas legais que surgiram, ou combinem com o filme, dessa vez a famosa Somewhere Over The Rainbow, que muito recentemente deu origem a versão brasileira "Além do Arco-Íris" cantada por Luiza Possi:


O Maravilhoso Mágico de Oz,de L. Frank Baum é composto por 162 páginas, comercializado pela Editora Martin Claret e á venda em todo país.