Internet: Briga de gigantes: Apple vs Samsung



 Briga judicial das gigantes de tecnologia, que anda agitando essa última semana de agosto.
Não é novidade só avisando antes de vir algum engraçadinho querendo me corrigir com "essa notícia é antiga mimimi" resolvi fazer um resumão a pedido de um leitor do blog apenas, então vamos lá!

A maçã mais desejada do século 21 está acusando a Samsung de quebrar patentes, em outras palavras, de ter "kibado" para melhor entendimento. Lá nos EUA existem dois tipos de patentes, a de serviço que protege o funcionamento ou a forma como um item é usado, além dos métodos de fabricação de algo; e a de design que protege a aparência da coisa.


A Apple acusa a Samsung de quebrar além dessas duas patentes, outras 5: 3 delas relacionadas ao  touch do iPhone e iPad, na maneira como ela interpreta os movimentos feitos pelo usuários, e na navegação de documentos resumidamente; e as outras duas em relação ao design do iPhone e sua interface gráfica.

Poreeeeeeeeeem a Samsung acusa a maçã também só que sem tanta apelação, tratando de tecnologias distintas são elas: tecnologia que faz o aparelho uma central multimidia, podendo ser câmera, celular e etc, a receptividade de sinal 3G, a execução de arquivos mp3 em dispositivos móveis, e um método de armazenamento e posteriormente reprodução de imagens (geralmente fotos com a câmera, gravações de voz e tal).

A questão chave no desenrolar disso tudo é o que eles chamam de Trade Dress, um detalhe sem função, mas que dá uma "cara" ao dispositivo, um detalhe que quando você olha já sabe que se trata de X dispositivo, e a Apple acusa a Samsung de nao ter respeitado o Trade Dress deles, assim copiando o design do iPhone e iPad.

Os juízes vão analisar o Trade Dress da Apple, e dependendo disso a questão poderá ou não ter um fim....

Estaria a Apple com medo da concorrente, ou de fato a Samsung copiou a empresa?
Mas no que se trata de tecnologia, nada se cria, tudo se copia, exemplo disso a interface gráfica do Windows uma sacada "genial" que na verdade foi copiada da Xerox, mas deixa isso para outra hora.