Pular para o conteúdo principal

Hora de Ler: A Torre Negra - Stephen King (Torre Negra #7)



Ah, o fim de tudo. Você não quer começar, porque têm o fim nas mãos, mas tem uma curiosidade imensa pra saber o que acontece. E agora??
Senhoras e senhores-sai, eis o fim. Vejam bem, mas vejam muito bem...


O livro começa com as pontas soltas em Canção de Susannah sendo resolvidas, e finalmente o ka-tet se reúne. Mas logo aparece mais uns probleminhas pela frente: o Feixe de Luz que eles seguem está mais destroçado do que nunca, e eles têm que correr contra o tempo para impedir a total destruição. Enquanto isso, no nosso lado, o tio King corre perigo de vida e eles vão ter que salvá-lo também (?!?!?!?!?).

E, no fim das contas, Roland chega na Torre... Mas o que há no topo?

~

Ai meu Deus do céu. Ai. Meu. Deus.
Eu demorei um tempo pra começar a lê-lo porque eu tava nervoso com o que podia acontecer. Em alguns momentos cheguei à beira das lágrimas... Não sabia que eu me tornaria tão apegado a essa história.

Stephen King cria personagens maravilhosos, e desenvolve eles de uma maneira ainda mais incrível. Ao longo da série paramos para ouvir histórias de vários personagens, e não é cansativo; pelo contrário, é prazeroso saber da história delas, por mais desgracenta que possa ser. E foi essa a base que King teve pra escrever a série: a 'felicidade' se encontra no caminho, e não no destino.

- Então quer dizer que o final é ruim? - alguém pergunta.
- É, não chega a ser ruim, mas é ~bittersweet~. Não dava pra fazer um final feliz, obviamente, mas também não dava pra criar uma tragédia total. Minha opinião é muito parecida com a de muita gente que eu vi pela internet: num primeiro momento as pessoas ficaram atordoadas, confusas ou até mesmo putas da cara com esse final, mas com o passar do tempo elas percebem que era o único final possível e plausível que sai King poderia escrever.



E com isso, eu deixo a Torre Negra. Não para sempre; o ka é uma roda, e as coisas devem seguir em frente... Certamente voltarei a ela. E essa também não vai ser a última review da série: o tio King resolveu colocar mais uma história na coisa toda, então 'O Vento Pela Fechadura' será a próxima review.

Até mais, e que vocês tenham longos dias e belas noites.