Hora de Ler: Claros Sinais de Loucura - Karen Harrington


Voltei! O primeiro livro da parceria com a Intrínseca, não poderia ter sido melhor.
Desde que vi na ~~vitrine de lançamentos~~ da Kobo enloqueci, e com a notícia da parceria com a Intrínseca não tive dúvidas sobre qual livro solicitar. Já adianto que respondeu minhas expectativas mas ainda assim não se tornou favorito, faltou algo que vocês irão descobrir. Vamos ao review.


Sarah Nelson é uma criança "normal" não fosse pelo fato de a Mãe ser louca e no passado ter afogado ela e o irmão gêmeo que não sobreviveu para contar história, o Pai é professor, ausente e alcóolatra apesar de todos os fatores ela sabe viver. O que incomoda a protagonista é o fato de se tornar louca, dos genes da loucura estarem "dominando-a" além de não ter muitos amigos (nem ter dado o primeiro beijo ainda).

Para completar na transição do 7° para o 8° ano tem um trabalho sobre árvore genealógica onde os alunos terão de apresentar a família e suas caracteristicas, mas Sarah só pode contar com o Pai pois o resto da família é mais desconhecida que a própria mãe. Antes das férias de verão o professor passa um trabalho que consiste em escrever cartas para alguém só para estimular a escrita, e Sarah escolhe Atticus o advogado do livro O Sol é Para Todos; Mais do que um drama, esse livro trata de maturidade.

~

Não sei o que falar dessa obra. Sério, muito bem escrita, de uma sensibilidade incrível e QUE PROTAGONISTA! As similaridades com The Perks of Being A Wallflower só ficam no fato de Sarah escrever muitas cartas e se comunicar com alguém que não existe, pois diferente de Charlie e apesar de mais nova, a menina é MUITO madura. Não de um jeito negativo, mas sabe, a gente nota que a vida ensinou como sobreviver, ela ainda tem traços da infância mas no geral se comporta como uma jovem adulta.


As amizades de Sarah se limitam a Charlotte, Planta (sim, ela fala com uma planta) e a amiguinha da escola (esqueci o nome #shameonme) até a metade da obra, depois os acontecimentos mostram outras pessoas e amizades incríveis nascem. A autora tem um jeito muito único de unir tragédia e humor, intercalar os gêneros que não fica cansativo nem apela demais pra nenhum lado, nota-se também que ela é fã de Harper Lee pois as referências são muitas, não sei se são spoilers pois ainda não li O Sol é Para Todos mas o número de informações é bem grande e também não atrapalha a narrativa.



Ela conhece o irmão mais velho de Charlotte e dali nasce uma paixonite proibida mas não acontece nada, justamente pela diferença de idades, super valorizei isso da autora, um ponto a mais. Talvez o que não tenha me agradado tanto é que o final ficou "aberto" acabou nas férias e...? temos resoluções para muitos personagens, mas o principal, o plot da obra ficou em aberto pode ter sido proposital ou não, vai saber.

No mais 5 estrelas para essa obra incrível, livro de estreia da autora já mandando muito bem, narrativa gostosa de ler, bem construída, não cai nos clichês e indispensável para quem não abre mão de um bom livro.

Claros Sinais de Loucura de Karen Harrington, é composto por 256 páginas comercializado pela Editora Intrínseca e a venda em todo país.