Hora de Ler: The Deal of a Lifetime - Fredrik Backman


Olá galerinha, tudo bem? Ainda em clima de ano novo, uma leitura natalina que parece ser bem simples mas cheia de significados, preparados?!
A father and a son are seeing each other for the first time in years. The father has a story to share before it’s too late. He tells his son about a courageous little girl lying in a hospital bed a few miles away. She’s a smart kid—smart enough to know that she won’t beat cancer by drawing with crayons all day, but it seems to make the adults happy, so she keeps doing it.

~

A sinopse traz a história de um pai que não vê o filho há anos por conta do trabalho, que preza pela carreira mas as relações com a família estão em ruínas, ele sequer conhece o filho. Eis que ele decide então escrever uma espécie de memorando para ele, contando a história de uma menininha muito corajosa que vivia na ala infantil do hospital, tratando de um câncer e sem perspectiva de melhorar, a partir daí o livro começa junto com a magia e coisas absurdas acontecem tornando o livro único e tipicamente uma fábula natalina da melhor qualidade.

O assunto que o autor decidiu abordar (como sempre em seus livros) é bem delicado, aqui entra em jogo a vida do protagonista que fará de tudo em nome da menina com câncer, afinal de contas ele já viveu demais e ela está apenas começando. Alguns pontos de reflexão na atenção que damos aos familiares (é o principal na verdade), a valorização da vida/indivíduo, TEMPO e como usá-lo de forma correta, além aquele papo que as coisas mais simples são o que importam estão por aqui de uma forma repaginada e pesada até, carregada de emoção digna de lágrimas.

O livro é pequeno, tem algumas ilustrações e é lindo, profundo, um verdadeiro tapa na cara e me fez lembrar muito O Presente de Cecelia Ahern que os dois sem dúvidas dariam um ótimo filme! Não dá para falar muito sem contar o que acontece, mas quem puder faça esse favor a si e leia, pois vale muito a pena, principalmente os elementos mágicos que foram muito bem incorporados na obra.

Sem dúvidas 5 estrelas e pretendo ler mais obras do autor durante esse ano, é uma promessa que será cumprida na medida do possível, se as outras tiverem uma linguagem tão simples como essa é claro. Backman tem todos os elementos para se tornar um dos meus autores favoritos.


Comentários