Pular para o conteúdo principal

Filmes: Frankenweenie


Oláaaaaaaaaa!!! Sei nem por onde começar... Faz MUITO tempo que não atualizo essa ~~coluna~~ aqui no blog, mas vamo lá.
Esse fim de semana me deparei com o DVD de Frankenweenie (sim, ainda uso dvd) um filminho que tava com muita vontade de assistir desde que estreiou ano passado. E::: NOSSA POR QUE NÃO ASSISTI ISSO ANTES?!?!?!? AMO as animações de Tim Burton, não sou fanzoca do cara até porque não vi toda filmografia, mas gosto demaaaais dos ~~desenhos~~ que ele lança.


Para quem não conhece, o enredo: Frankenweenie conta a história de Victor Frankenstein, um garoto que perde seu cão Sparky num acidente de carro. Após seu professor de ciências, o Sr. Rzykruski, ensinar sobre bioelectricidade,Victor tenta trazer Sparky de volta a vida.



Bem simples mesmo não tem muito o que explicar, porém impressiona demais. Achei a estória muito linda, essa coisa de amor ao cão, parece clichê porém emocionei pois perdi um cachorrinho que gostava muito ano passado, por envenenamento #CHORANA. Tem também a batalha pelo 1° lugar na feira de conhecimento que SPOILER acaba não acontecendo pois o professor é demitido SPOILER, e a questão da falta de conhecimento científico, onde os cientistas eram tratados como bruxos, e a ciência como arma.

PS: Se quiser conferir o spoiler basta selecionar a área, boa sorte.


Embora o enredo seja um tanto previsível, fica mais como uma "homenagem" a obra de Mary Shelley, que já foi abordado por aqui e inclusive um dos meus favoritos . Não por acaso, o nome do protagonista é Victor Frankenstein. Um tanto fofo (sem deixar de ser macabro) Frankenweenie é o tipo de longa que destrai, garante boas risadas, emociona e conquista toda a família isso tudo em quase 1h e 30min.

Personagens fora do convencional, com aspecto mórbido, típicos de Burton, bem humorados e alguns que chegam a dar raiva, cumprem o papel como se fossem atores e não "bonecos". Fora a ousadia do cara lançar uma animação em stop motion em pleno século 21: PRETO E BRANCA.
Uma curiosidade interessante, é que existe uma versão anterior a essa, onde os personagens eram humanos e Sparky um cão de verdade, de 1984 porém não foi bem aceita por ser violento/macabro demais. Não achei em inglês, só essa versão em francês (!!!!!) só dar para ter uma ideia do que se tratava, e sinceramente: prefiro a animação.

Nos extras do DVD tem a exposição do filme na Comic-Con 2012, com todos os personagens, e Burton falando sobre eles, a ideia de concecpção e outras coisitas mais. Enfim, são muitos apectos interessantes, só assistindo para descobrir. Ah, e tem um clipe bem legal com a galera do Plain White T's (quem lembra de Hey There Delilah?) como plano de fundo cenas do filme. Confere AQUI!